Verão = festivais

Com a chegada da primavera, a Europa se transforma. Depois de longos meses de frio (sem intervalos de calor, como acontece em SP, onde temos as quatro estações em uma semana), os europeus saem do casulo e a filosofia é aproveitar cada dia antes da chegada do seguinte inverno.

Eu nunca imaginei que a temperatura tivesse tanta influência no nosso humor e mesmo amando frio, teve um momento em que eu já estava de saco cheio – e olha que a Espanha está no sul do continente, ou seja, o frio não é tão rigoroso quanto na Holanda ou na Alemanha. Mas são cinco LONGOS meses com temperaturas abaixo dos 10/12 graus!

Então, quando começa a primavera é dada a largada para os festivais, que começam em abril e vão até outubro. Na Espanha, a oferta de festivais é grande, chega a todas as regiões e atende praticamente todos os gostos musicais. No ano passado fui a dois, o Primavera Sound, em Barcelona; e o BBK, em Bilbao; e recomendo ambos, mas o Primavera superou todas as minhas expectativas: muita organização, sem filas muito longas para os banheiros, vários “postos” de vendas de bebidas (com preços um pouco altos, mas nada absurdos). Já o BBK estava um pouco mais desorganizado e comprar cerveja levava mais tempo, além de o local estar cheio de lama porque era numa montanha e havia chovido no dia anterior – mas nada que fosse um caos.

Primavera Sound 2012

Primavera Sound 2012

Para mim, a grande vantagem dos festivais aqui, além do line-up, está na organização – além de ser tudo muito planejado, não vejo que tem uma ânsia tão absurda de ganhar dinheiro. Um exemplo é o próprio BBK: para chegar até o festival tínhamos que pegar um ônibus em uma estação (não era permitido subir com o carro, em teoria). O ônibus levava uns 20 minutos para chegar, era gratuito e mesmo na saída, quando todos saíram juntos, não houve confusão e dezenas de ônibus nos esperavam.

Primavera Sound ainda tem essa vista...

Primavera Sound ainda tem essa vista…

Nesta sexta-feira, vamos ao SOS48, em Múrcia, de ônibus. Encontrei essa página que leva a galera de todas as grandes cidades para os festivais e vamos testar o serviço. O preço, pelo menos, é incrível: foram 34 euros por pessoa/ ida e volta para uma viagem de quatro horas e meia!

Radiohead no BBK 2012

Radiohead no BBK 2012

Além disso, é cada vez mais comum por aqui dividir o carro. É bem simples, você se inscreve, coloca a data da viagem, informa se tem espaço no seu carro ou se precisa de um carro, de onde sai e destino e pronto! É só entrar em contato com as pessoas que “batem” com sua pesquisa. Os sites mais populares aqui para dividir o carro são Carpooling.es e Blabla (o preço costuma valer a pena e sempre é possível fazer amigos).

Para checar os festivais que acontecem nesta temporada 2013 na Espanha,  confira esta página.

Anúncios

2 Comentários

  1. […] Em maio, quando fomos ao Festival SOS 4.8, em Múrcia, acabei pesquisando maneiras de ir e acabei encontrando os sites de Carpooling. No fim, acabamos indo de ônibus com a empresa De Festivales, que presta um serviço específico para festivais pelo país, como eu contei nesse post. […]

  2. […] barata que São Paulo. Tem shows (em lugares pequenos) por cinco, dez euros. E um festival (lembram desse post?) pode custar 70 euros para dois dias ou, como o Primavera Sound, que é um dos melhores do país […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: