Faro de Moncloa: de Madrid al cielo

Uma das coisas que mais amo de Madrid é o fato de não ter edifícios muito altos. Há alguns, mas eles não estão concentrados e isso nos permite olhar para cima e ver o céu, que está azul em 95% dos dias do ano, independente da estação, e isso dá uma sensação de bem-estar incrível.

O céu azul de Madrid sem filtros!

O céu azul de Madrid sem filtros!

Por outro lado, não há edifícios muito altos em que se possa subir para ter uma vista ampla da cidade, por isso todo mundo comemorou quando a prefeitura de Madrid decidiu reabrir o Faro de Moncloa, um mirador que está ao lado da estação de metrô Moncloa (perto da Cidade Universitária) e que oferece vistas incríveis não só da cidade, mas também da serra de Madrid. O melhor? Custa só 3 euros e o espaço é relativamente amplo e tem até um mini-bar, o que te permite olhar tudo sem pressa. Fomos no último domingo às 15h e estava bastante tranquilo, mas se estiver cheio irão te oferecer entrada para um horário específico, assim você não tem que ficar esperando.

faro de moncloa 9

 

faro de moncloa 8

Espaço amplo dentro do Faro

Outra vantagem do Faro de Moncloa é que ele está localizado numa região onde não há edifícios altos bloqueando a vista, permitindo ver desde a casa de Campo, no oeste de Madrid, até muito além da região empresarial do Paseo da Castellana com seus prédios comerciais e modernos. E está a 92 metros de altura – para quem tem vertigem, prepare-se para uma subida em elevador panorâmico!

faro de moncloa 5

Serra madrileña

O Faro possui painéis que mostram os pontos mais simbólicos da cidade que podem ser vistos, como as Torres Kio, as quatro torres (apenas três são visíveis), o Palácio Real, o Círculo de Bellas Artes, o Parque do Retiro e também as montanhas da serra de Madrid, além de contar um pouco da história de cada um desses pontos.

Palácio Real, Catedral da Almudena e outros pontos da cidade

Palácio Real, Catedral da Almudena e outros pontos da cidade

As quatro (ops, três) torres e as torres Kio

As quatro (ops, três) torres e as torres Kio

Dá para descobrir muita coisa curiosa e acho que é interessante para ver como a cidade foi crescendo, se desenvolvendo e mudando, mas sempre mantendo sua área histórica preservada. Sei que sou suspeita para falar porque tenho essa relação de amor com Madrid, mas no Faro me apaixonei ainda mais, vendo cada canto e relembrando tudo que já vivi. Também acho que é uma boa oportunidade para ver uma região da cidade que não é tão turística, mas é bonita.

História de Madrid

História de Madrid

Minha dica: conheça a cidade primeiro e deixe a visita ao Faro para o final da sua passagem por Madrid, assim você poderá (tentar) reconhecer cada ponto da cidade por onde passou. Ao sair, dependendo do horário, uma boa pedida é fazer um picnic no Parque del Oeste e ir caminhando até o Templo de Debod, um caminho verde e um pouco mais fresco nesses dias de calor intenso.

Se você busca outros lugares para ver Madrid das alturas, não deixe de conferir as dicas que eu já dei por aqui.

Informações úteis

Onde: estação de metrô Moncloa, próximo ao Museo de América.
Quando: de terça a domingo das 09h30 às 20h30 (último horário para subir é às 19h30). Às segundas não abre.
Quanto: 3€. Crianças até seis anos não pagam e crianças entre 6 e 14 anos, desempregados, maiores de 65 anos e deficientes pagam meia-entrada.
Visitas guiadas: todos os dias, até às 13h30, acontecem visitas guiadas com duração de meia hora e o preço é o mesmo.
Site oficial: aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: