Matadero, o lugar mais legal de Madrid

Sou suspeitíssima para falar porque adoro esse lugar, mas falo mesmo assim: inclua o Matadero na sua visita a Madrid, mesmo estando fora do centro turístico! Agora se você vem passar uma temporada aqui, a passagem pelo Matadero é obrigatória. Por quê? Porque o Matadero é o centro cultural mais interessante e democrático da cidade, cheio de atividades variadas, para todas as idades e públicos e um espaço onde você pode simplesmente ir para não fazer nada, ou só tomar um café e ler um livro.

matadero_

Mas antes de falar sobre as atividades, queria comentar sobre o espaço em si. Sempre que levo as pessoas lá e falo: “Vamos ao Matadero?”, elas fazem aquela cara de espanto por conta do nome. Mas é verdade, o Matadero foi realmente um matadouro e mercado de gado no início do século XX, quando seus diversos pavilhões foram construídos.

Os belíssimos pavilhões do Matadero

Os belíssimos pavilhões do Matadero

A história desse espaço se mistura com a da cidade e, durante a Guerra Civil, devido à sua proximidade com o front de batalha, ele também serviu como depósito de munições. Depois, alguns pavilhões se tornaram armazéns de batatas e, pouco a pouco, foram ficando vazios e ganhando outros usos. Em 1996, ele deixou de ser matadouro e a partir de 205/2006 começa a funcionar como uma espécie de centro cultural.

O mais interessante é que grande parte da arquitetura foi mantida exatamente igual, com pequenas alterações para melhorar a acessibilidade e permitir o novo uso. Digo que o Matadero é democrático porque a entrada ao centro é gratuita -embora algumas atividades sejam pagas – e ele está aberto todos os dias do ano, além de ter um espaço a céu aberto enorme, ideal para ir com as crianças, que podem correr, jogar bola, andar de bicicleta.

matadero_2

No edifício principal, sempre rola uma exposição/intervenção artística interessante, além de contar com um espaço super grande com cadeiras e mesas, onde dá para sentar, descansar, ler e bater-papo. Ah, e o Matadero tem wi-fi, então pode ser um lugar ótimo para trabalhar.

matadero_4

Há também um espaço que parece uma pequena biblioteca, com almofadas que simulam plantas e com uma iluminação natural incrível – há alguns poucos exemplares para ler lá mesmo e o ambiente é bem tranquilo e silencioso, mas sem aquela “formalidade” das bibliotecas.

matadero_5

Outro espaço interessante é a Casa do Lector, que promove exposições, cursos, palestras com escritores e oficinas para crianças. Já comentei aqui sobre os cursos interessantíssimos que acontecem por lá.

matadero_7

Um dos lugares que mais amo do Matadero desde que cheguei é, sem dúvida, a Cineteca, a sala de cinema mais bonita de Madrid, com preços ótimos – às vezes rolam sessões gratuitas – e focada principalmente em documentários. Além disso, rolam vários eventos relacionados à cinema, como palestras com diretores ou até bandas tocando ao vivo a trilha sonora.

CINETECA SALA AZCONA 2

Foto: divulgação

Nas Naves del Matadero podem ser vistas peças de teatro, que costumam ser os eventos mais caros do Matadero. Eu ainda não fui, mas normalmente as críticas são ótimas.

Durante o verão, também fica aberta a Plaza del Matadero, onde rolam vários eventos ao ar livre: cinema, teatro, improvisação, etc.  O Matadero também conta com uma escola de bicicleta, para adultos e crianças, e oferece também oficinas de manutenção de bicicletas. Foi lindo ver no outro dia um cara lá pelos 50 anos dando suas primeiras pedaladas!

matadero_9

As tardes de verão na Plaza del Matadero

Há ainda espaços para a realização de cursos variados, como design digital e wordpress; aprender a cuidar da própria horta, entre outras atividades que são mais voltadas à cidadania e ocupação do espaço público.

É importante ficar de olho na programação porque sempre tem coisa nova e diferente acontecendo! Para terminar, não deixe de passar na charmosa Cantina -o atendimento é lento, mas as empanadas valem a pena – ou então no Bar del Café Teatro, onde você pode comer pintxos deliciosos.

20130906_203407

matadero_12

matadero_11

Como eu disse, o Matadero é garantia de um dia agradável! Eu, particularmente, adoro ir sozinha com meus livros e o MP3 e ver o tempo passar tranquilamente enquanto as crianças jogam bola ou os idosos do bairro dão um passeio. Ah! E quem quiser aproveitar, o Matadero está do lado da Trigo de Ouro, uma cafeteria brasileira sobre a qual falei aqui onde você pode comer coxinha, empadinha, açaí, brigadeiro…

matadero_8

Matadero Madrid
Plaza de Legazpi, 8 – Metro Legazpi

Anúncios

um comentário

  1. […] Matadero Já falei nesse post que o Matadero é meu lugar favorito de Madrid. Era um antigo matadouro (como bem diz o nome) que […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: