San Isidro 2014

O tempo voa e novamente estamos na época de San Isidro, o padroeiro de Madrid, sobre o qual eu falei nesse post no ano passado.  Por isso, a cidade se prepara para uma série de eventos. Esse ano deve ser ainda melhor do que no ano passado, porque o tempo está bem agradável, com temperaturas chegando a quase 30 graus durante o dia e uns 18/20 à noite.

 

Quem é San Isidro?

Confesso que tive que buscar no google sua história! San Isidro, nascido no século XI, é o padroeiro dos campesinos. Dizem que era um homem bastante generoso, nascido em Madrid e que se tornou conhecido por várias histórias, entre elas a de que em um ano de seca, Isidro cavou um poço e não parou de sair água. Curiosiamente, na semana passada fiz um tour por Madrid com o pessoal do Madrid en Ruta e uma das coisas que aprendi é que Madrid, apesar de ser uma cidade extremamente seca, tem muita água subterrânea.

O poço do milagre, localizado no Museu de San Isidro

O poço do milagre, localizado no Museu de San Isidro (foto: Ayuntamiento de Madrid)

Mas o que realmente tornou San Isidro famoso e lhe rendeu a beatificação foi um fato que se deu cerca de cinco séculos após a sua morte. Quando o rei Felipe III (1578-1621) Ficou bastante doente, levaram os restos mortais de San Isidro até a casa real, que era em Toledo naquela época. O rei se curou milagrosamente e, em 1619, Isidro foi beatificado e três anos mais tardes ele foi canonizado. O que rola no dia de San Isidro? Desde o último final de semana até o seguinte haverá diversas atividades em Madrid, mas o principal fica mesmo para o dia 15, quinta-feira, que é feriado. Os madrileños colocam sua tradicional roupa de chulapo, não importa a idade – bom, na verdade, quem vai a caráter são as crianças e os idosos. A roupa consiste em um vestido para elas, com lenço e flor no cabelo e leque nas mãos, e uma roupa social para eles, com colete e boina.

Chulapinhos!

Chulapinhos!

Durante praticamente todo o dia acontecem apresentações ao ar livre na Pradera de San Isidro e também há uma procissão que sai da Colegiata de San Isidro (em La Latina) a partir das 19h. Mas, para mim, a melhor parte é a queima de fogos no Retiro. O parque fica bem cheio e os fogos são muito bonitos, embora no ano passado o show de fogos tenha sido bem mais curto que no anterior por conta da crise. Mas, ainda assim, vale a pena!

Queima de fogos no Parque do Retiro

Queima de fogos no Parque do Retiro

E a festa de San Isidro é imperdível para quem está por aqui porque é extremamente típica, uma oportunidade incrível para conhecer melhor a “alma” dos madrileños.  Para mim, pessoalmente, é uma festa marcante: há dois anos, estive com os amigos e lembro que chorei pensando que me faltava pouco tempo para ir embora daqui. Dois anos mais tarde, aqui estou eu!!! 20130515_223152 A programação completa está disponível aqui.

Anúncios

um comentário

  1. […] há nada que ele goste mais que passear pelas ruas. Além disso, é na primavera que acontece o Dia do Padroeiro de Madrid, San Isidro, quando o Parque do Retiro recebe milhares de pessoas para a queima de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: