Rota do Cocido Madrileño

O regionalismo é coisa bem séria por aqui, como fica bem claro nos casos da Catalunha e País Vasco, e a grande maioria dos espanhóis se sente orgulhosa da sua província e também da sua cidade (ou pueblo). Todo mundo fala de boca cheia sobre o que o seu lugar de origem tem de melhor e a gastronomia é sempre um dos temas principias.

Embora a paella seja típica em toda Espanha, ela é um prato típico de Valencia. Já em Madrid, o prato mais tradicional é o “cocido madrileño”, que daria para comparar um pouco com a nossa feijoada, mas com algunas diferenças.

20140216_144743

O cocido é ótimo para essa época do ano, porque é um prato quente e BEM pesado. Depois de comer um cocido, vai ser inevitable sentir vontade de “echar a siesta”, rs!

Isso porque ele consiste de três partes: a primeira é uma sopa (ou caldo) que leva um macarrãozinho bem fino, chamado de fideos por aqui, e jamón – que não aparece em pedaços, mas é usado na hora de cozinhar, dando um gostinho especial. A segunda parte tem grão de bico e ter outros legumes, como cenoura, repolho e batatas cozidas.

Primeira parte: caldo com fideos!

Primeira parte: caldo com fideos!

Para terminar, a terceira parte é composta principalmente por carne de porco, mas às vezes colocam frango também. É impossível comer tudo isso e não sair rolando!

E para promover esse prato entre os espanhóis e também entre os turistas, está rolando na cidade de Madrid nos seus arredores a Rota do Cocido Madrileño. Diversos restaurantes estão oferecendo o cocido com preços que variam dos 12,50 aos 35,50 euros e, em alguns casos, inclui não só o cocido, mas bebida e sobremesa.

Nós tentamos ir a um restaurante super tradicional na região de Ópera chamado “La Bola”, mas infelizmente estava lotado. Mas a gerente foi bem boazinha e nos indicou um restaurante que estava super próximo e que oferecia o prato pelo mesmo preço.

E foi assim que fomos parar no Café das Chinitas, um restaurante enorme e bem tradicional onde também rolam apresentações de flamenco. Dentre os visitantes famosos (nos anos 1970, 1980) estão o Rei Juan Carlos e até a Princesa Diana.

O tradicional restaurante Café de Chinitas

O tradicional restaurante Café de Chinitas

Mas vamos ao principal, o cocido. Estava MUITO bom!!! O caldo estava uma delícia e depois eles servem tudo junto. A quantidade de comida é absurda e eu não sabia nem por onde começar e, no fim, acabei deixando mais da metade com muita dor no coração, porque estava muito bom, mas eu já não aguentava mais.

Quem aguenta comer esse pratinho básico?

Quem aguenta comer esse pratinho básico?

No Café das Chinitas, o Cocido custa 20 euros por pessoa e não inclui nada além do prato. Vale a pena gastar um pouco mais e pedir “buñuelos de manzana” de sobremesa, que é perfeito para quem, como eu, não gosta de doces extremamente doces. Ele lembra um pouco a massa do churro, mas com recheio de maçã e acompanhado de uma bola de sorvete de creme.

Buñuelos de manzana com sorvete...

Buñuelos de manzana com sorvete…

Minha dica é reservar se quiser fazer a rota do cocido porque alguns restaurantes são bem pequenos e ficam lotados. Além disso, é importante checar no site do evento quais são os restaurantes participantes e os dias em que eles oferecem o prato, porque em alguns deles o cocido é servido apenas às quartas-feiras ou domingos.

Ah! E a dica mais importante: não faça muitos planos depois de comer o cocido, porque você irá precisar de um tempinho de descanso, igualzinho acontece com a feijoada no sábado!

Já provou um bom cocido bom em Madrid? Me mande sua dica! 🙂

Anúncios

3 Comentários

  1. Larissa,

    Comemos o cocido da Taberna La Daniela no inverno e o do restaurante La Bola no verão. Pra mim foi um empate técnico, mas a Clélia gostou mais do cocido da Daniela. Na próxima vez, iremos experimentar o do restaurante Lhardy que, pelo que andei lendo, é o mais suntuoso (e também o mais caro, infelizmente).

  2. Opa, a Taberna da Daniela também está na Rota!! Acho que vamos aproveitar para passar lá. 🙂

  3. […] uma caminhada pós-almoço para fazer a digestão, especialmente se você teve o prazer de comer o “cocido madrileño”, prato típico por aqui que é capaz de fazer qualquer um dormir a […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: